Thinking BIG! Qual é o investimento para trazer um bom projeto para o Google? What is the investment

Nesta segunda-feira recebi o retorno do Google aqui de Munique dizendo que vão olhar mais a fundo o projeto que enviei. :)

Diz o ditado que sonhar grande ou pequeno tem o mesmo custo. Contudo, fazer um sonho grande se tornar real dá um pouco mais de trabalho, não é? Nestes casos o risco tem que compensar. E fazer um projeto deste acontecer no Google certamente valerá o risco. Mas qual é o investimento?

Uma vez eu estava debatendo com a equipe da Marboh ID sobre a tradicional tendência do mercado gaúcho em resistir a novas ideias, a mudanças. Então surgiu a pergunta: por que ainda não apresentamos um projeto para a Nike?

A resposta foi simples: porque ainda não quisemos e ainda não tentamos.

A partir daí muitos dos projetos criados e desenvolvidos tiveram como foco grandes empresas como Unilever, Pepsi Co., Heineken e mais recentemente Google.

O projeto apresentado chama-se Google ON-Coffee / Chat 3.0.

A ideia parte da criação de uma nova usabilidade para o serviço Hangout combinando-a com cenários virtuais criadas pelo Google ou por empresas (como Starbucks ou Heineken) para replicar a experiência de ir a um verdadeiro café / bar / pub / store / espaço público, para conhecer novas pessoas, flertar, estar com os amigos, papear e se divertir. Em suma, esta nova plataforma pode representar uma evolução da cultura chat. Por isto Chat 3.0.

Na apresentação que está no slideshare há o resumo do projeto e um exemplo de aplicação comercial para a Heineken. Plus: como vocês podem ver aqui abaixo nas imagens de exemplo, o conceito abre oportunidade para muitos tipos de negócio e de entretenimento.

No Brasil eu fui a São Paulo algumas vezes para reuniões com a Heineken (gerencia de Digital Brand Connections) que havia se mostrado interessada no projeto e com a agência Wieden+Kennedy que também atende a Coca-cola, para quem o projeto também foi apresentado e discutido durante alguns meses. Tive inclusive a oportunidade de apresentar o projeto para o Walter Longo diretor da Y&R que disse que se não rolasse com a Heineken ele tinha interesse em apresentar para o presidente da Cervejaria Itaipava, dona de várias marcas de bebidas e cliente deles. Então, como os retornos estavam promissores, pedi ao queridíssimo Rasta, dono da empresa produtora digital parceira em Porto Alegre, Base Digital, que fizesse a analise operacional para produção da plataforma. Tudo parecia estar bem alinhado. Inclusive a reunião que consegui em 2013 com o Google São Paulo, literalmente entrando de penetra, foi promissora. Sim, a empresa é tão blindada que é quase impossível conseguir o contato de alguém para marcar uma reunião. Então tive que arriscar uma ação ousada, cheguei no prédio e inventei que tinha uma reunião com fulano. Por incrível que parece o blefe deu certo e consegui chegar ao escritório onde obviamente não havia ninguém me esperando para a tal reunião. Só que estando lá, aproveitei para falar com outras pessoas e aí marcar uma reunião de fato com o gerente do Google+. Consegui duas resposta, uma positiva: as funcionalidades propostas no projeto são viáveis. E uma negativa, o escritório de SP não tinha atribuição para desenvolver novas ferramentas / negócios. Eu teria que tentar um contato na matriz lá no Vale do Silício. Busquei contatos, falei com o Fabio Sasso do Abduzeedo que é designer lá, o Tiago Mattos da Perestroika me passou um contato dele lá da Singularity mas nada de conseguir retorno.

Então agora final de dezembro, participando de um evento da IXDS (top agência de design estratégico) tive acesso direto ao escritório do Google baseado aqui em Munique e consegui a abertura para apresentar o projeto.

Agora respondendo a questão do início do post.

Qual o investimento para fazer uma Idea grande acontecer?

Depois de quase 3 anos do inicio do projeto CHAT 3.0 posso dizer com certeza que é muito tempo, trabalho, dedicação, determinação, bastante flexibilidade, um tanto de dinheiro e muito tesão pela ideia.

O projeto está lá com eles.

Agora é continuar sonhando grande, trabalhando com dedicação e torcer os dedos!

On this Monday I received a feed-back from Google here in Munich saying they will look further into the project I sent. :)

The popular saying goes that to dreaming big or small has the same cost. However, making a bigger dream come true takes a little more work, right? In these cases the risk has to compensate. And to do a project like this happen in Google certainly worth the risk. But what is the investment?

Once I was discussing with the team Marboh ID about the traditional tendency of the RS market (a state in the south of Brazil) on resisting against new ideas, avoiding to change. Then the question arose: why not present a project for Nike?

The answer was simple: because we never wanted and we did not try it yet.

Since then, many of the created and developed projects were focused on big companies such as Unilever, Coca-Cola, PepsiCo, Heineken and most recently Google.

The presented project is called Google ON-Coffee / Chat 3.0. The idea is the creation of a new usability for the Hangout service combining it with virtual sets created by Google or by companies (like Starbucks or Heineken) to replicate the experience of going to a real coffee / bar / pub / store / public space , meet new people, flirting, being with friends, chatting and having fun. In short, this new platform may represent an evolution of chat culture. So chat 3.0.

In the presentation that is in Slideshare there is the summary of the project and an example of commercial application for Heineken. Plus: as you can see here in the sample images, the concept opens opportunity for many types of business and entertainment.

In Brazil I went to Sao Paulo a few times for meetings with Heineken (Digital Brand Connections) that had shown interest in the project and with Wieden + Kennedy agency that also serves Coca-Cola, for whom the project was also presented and discussed for several months. The company for the digital production in Porto Alegre City, Digital Base, owned by the beloved Rasta, made the operational analysis of the platform for the production and everything seemed to be well aligned. Including the meeting that had in Google/ Sao Paulo literally gate crashing. Yes, the company is so armored that it is almost impossible to contact someone to make an appointment. So I had to venture a bold action, I arrived at the building and invented that I had a meeting with someone. Incredible as it seems the bluff worked and I succeeded to access the office where obviously there was no one waiting for me for such a meeting. But being there, I took advantage to talk to other people and then scheduled a meeting with the fact Google+ manager. I received two responses, one positive: the features proposed in the project are feasible. And one negative, the SP's office had no duties to develop new tools / business. I would have to try a contact directly on the headquarters in Silicon Valley. I sought contacts, spoke with Fabio Sasso (Abduzeedo) who is a designer there, Tiago Mattos (Perestroika) gave me one of his contacts from Singularity School. But I got not return.

So now the end of December, participating in an event of IXDS (top strategic design agency) I had direct access to the Google office based here in Munich and I got the opening to present the project.

Now answering the question of the beginning of the post.

What is the investment to make a great idea happen?

After nearly three years of the start of the CHAT 3.0 project I can say with certainty that it is a much time, work, dedication, determination, a lot of flexibility, somewhat of money and being very passionate by the idea.

The project is on their hands.

Now is just keep dreaming big, working hard and twist your fingers!

ON-Coffee / Chat 3.0 - All rights reserved to Marboh ID - 2012

#marbohidprojects #google #innovation #makingideashappen

in English & Portuguese
Featured Posts
Recent Posts